Notícias

Huawei quer formar mais de 500 quadros angolanos por ano

A gigante tecnológica chinesa Huawei Technologies Co. Ltd. prometeu formar mais de 500 quadros angolanos na área das tecnologias de informação e comunicação por ano, a partir de 2022, referiu o Jornal de Angola.

Os jovens angolanos irão estudar no Centro de Inovação e Formação em Tecnologias de Informação e Comunicação que a Huawei está a construir em Talatona, nos arredores da capital angolana, Luanda, num investimento de US$60 milhões.

Num comunicado citado pelo diário angolano, a Huawei sublinha que está presente há quase 20 anos em Angola, onde presta serviços nas áreas de sistemas e equipamentos tecnológicos para os sectores público e privado.

Em Março passado, num artigo de opinião publicado no jornal angolano O País, Ryan Li, Director-Executivo da subsidiária local da Huawei, revelou que o Centro terá uma área de oito hectares e será inaugurado no final de 2021.