Notícias

Guiné-Bissau completa vacinação da comunidade chinesa

Todos os cidadãos chineses a residir na Guiné-Bissau foram já imunizados com duas doses de uma vacina desenvolvida na China contra a COVID-19, anunciou na segunda-feira a Embaixada chinesa em Bissau.

Num comunicado, a Embaixada recorda que o Hospital Militar Principal Amizade Sino-Guineense, situado na capital da Guiné-Bissau, começou a vacinar a comunidade chinesa em meados de Junho.

A Embaixada expressou a sua gratidão ao Governo guineense pelo apoio dado ao programa de vacinação da comunidade chinesa a residir no país africano.

O comunicado elogia ainda a contribuição das empresas chinesas a operar na Guiné-Bissau e da missão médica chinesa ao país africano para a campanha de vacinação.

Alguns membros da comunidade chinesa demonstraram satisfação por terem recebido uma vacina desenvolvida na China e confiança no combate à pandemia.

A Guiné-Bissau usou a vacina desenvolvida pelo laboratório chinês Sinopharm Group Co. Ltd. para imunizar a comunidade chinesa, avançou em Junho a agência noticiosa portuguesa Lusa.