Notícias

Gastronomia macaense e teatro em patuá incluídos no Património Cultural Intangível da China

Três itens de Macau, incluindo a gastronomia macaense e o teatro em patuá, foram inscritos na quinta Lista Nacional de Itens Representativos do Património Cultural Intangível da China, divulgada na semana passada pelo Conselho de Estado da China. A Crença e Costumes de Tou Tei passou também a fazer parte da lista nacional.

O Instituto Cultural (IC) de Macau diz que a inscrição dos itens reflecte “o intercâmbio harmonioso” na cidade entre as culturas chinesa e ocidental, e realça o papel da região como “uma base de intercâmbio e cooperação para a promoção da coexistência multicultural”.

O teatro em patuá tem “características únicas de Macau”, por ser apresentado pela comunidade macaense, usando um dialecto local com origem na língua portuguesa antiga, sublinha o IC num comunicado.

Miguel de Senna Fernandes, Director do grupo teatral Dóci Papiaçam di Macau e Presidente da Associação dos Macaenses, disse à agência noticiosa portuguesa Lusa que espera que a decisão ajude a preservar e proteger o património cultural da comunidade macaense.