Notícias do Fórum de Macau

Fórum de Macau e o Banco da China co-organizaram “Seminário sobre RMB Transfronteiriço nos Países de Língua Portuguesa”

No dia 29 de Maio de 2017, o Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau) e o Banco da China Sucursal de Macau organizaram em conjunto, no Edifício do Banco da China, o “Seminário sobre RMB Transfronteiriço nos Países de Língua Portuguesa”.

O Seminário contou com a presença dos representantes da Autoridade Monetária de Macau, bem como os representantes das entidades públicas dos oito Países de Língua Portuguesa. Marcaram presença representantes dos Ministérios das Finanças, Ministérios da Economia, de bancos centrais e também dos principais bancos comerciais dos oito Países de Língua Portuguesa, além de representantes dos bancos com capitais portugueses de Macau, num total de mais de 50 pessoas.

O Vice-Director Geral do Banco da China Sucursal de Macau. Dr. Wang Jun, referiu, no seu discurso, que as várias medidas anunciadas pelo Primeiro-Ministro do Conselho de Estado, Dr. Li Keqiang, durante a sua visita a Macau em Outubro de 2016, nomeadamente, apoiar a Região Administrativa Especial de Macau a transformar-se numa plataforma de serviços financeiros entre a China e os Países de Língua Portuguesa e promover a construção em Macau do centro de liquidação em RMB para os Países de Língua Portuguesa, criam oportunidades históricas raras para Macau desempenhar o importante papel de plataforma no âmbito de transacções transfronteiriças em RMB entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

O Banco da China Sucursal de Macau, enquanto banco de liquidação em RMB de Macau, está empenhado em servir a estratégia nacional e, com o grande apoio dos vários serviços públicos e do sector bancário, foram já estabelecidas relações de agência com mais de 30 bancos nos Países de Língua Portuguesa. O Banco da China Sucursal de Macau disponibiliza serviços de liquidação em RMB para apoiar as trocas comerciais entre a China e os Países de Língua Portuguesa, nomeadamente com Portugal, Brasil, Angola e Moçambique. Foi já criada a rede de serviço de liquidação em RMB entre a China e os Países de Língua Portuguesa, concretizando principalmente a cobertura total da rede de serviço de liquidação em RMB dos Países de Língua Portuguesa. O sector financeiro dos Países de Língua Portuguesa pode aproveitar as importantes oportunidades iniciadas pela iniciativa “Uma Faixa, uma Rota”, com o apoio da plataforma de Macau, para explorar trocas comerciais em RMB, tirando proveito da internacionalização do RMB.

Os representantes do Banco da China Sucursal de Macau e do Centro de Trocas de Divisa da China apresentaram de forma pormenorizada as actividades do banco de liquidação do RMB em Macau e os mercados dos bancos da China. Por sua vez, o Banco da China Sucursal de Macau convidou o Economista Chefe do Banco da China, Prof. Cao Yuanzheng, para efectuar uma apresentação temática sobre o processo de internacionalização do RMB.

Visto que o seminário coincidiu com a véspera do 8.º Fórum Internacional sobre o Investimento e Construção de Infra-estrutura, o Banco da China Sucursal de Macau também aproveitou esta oportunidade para apresentar o papel importante de Macau na iniciativa da China “Uma Faixa, uma Rota”, com o objectivo de disponibilizar maior apoio financeiro – em conjunto com o sector financeiro dos Países de Língua Portuguesa – para a cooperação no âmbito da infra-estrutura e capacidade produtiva entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

No decurso do Seminário, os participantes tiveram a oportunidade de trocar impressões sobre a construção do “Centro de Liquidação em RMB para os Países de Língua Portuguesa” em Macau, bem como sobre a promoção da utilização do RMB nos Países de Língua Portuguesa. É esperado que a cooperação entre as instituições financeiras de Macau e dos Países de Língua Portuguesa seja reforçada, a fim de disponibilizar serviços financeiros de melhor qualidade e mais convenientes aos clientes comerciais da China e dos Países de Língua Portuguesa.