Notícias

Escola construída por empresa chinesa abre portas a 600 alunos em Angola

Uma escola construída pela subsidiária angolana da empreiteira estatal chinesa China Railway 20 Bureau Group Corp (CR20) abriu portas a mais de 600 alunos, avançou o jornal Diário do Povo.

A escola poderá ajudar a reduzir a escassez de recursos educacionais na cidade de Caconda, na província de Huíla, no norte de Angola, referiu no sábado o jornal estatal chinês.

O Administrador Municipal de Caconda, Nandim Capenda, tinha referido em Dezembro, na cerimónia de entrega provisória do edifício, que a cidade queria continuar a contar com a participação da CR20 na construção de infra-estruturas locais.

Na altura a Administração Municipal de Caconda disse nas redes sociais que a escola, construída no âmbito do Programa de Investimentos Públicos de Angola, teria 12 salas de aulas.

A CR20 construiu até agora quatro escolas nas províncias angolanas de Huíla, Cuíto e Lubango.