Notícias

Equipa médica da China lança o novo ciclo de trabalhos do combate ao paludismo em São Tomé e Príncipe

A equipa médica da China iniciou, na terça-feira, mais um ciclo de fumigação nocturna na capital de São Tomé no âmbito do programa de luta contra o paludismo no arquipélago, revela a Agência de Noticias STP-Press.

Guo Wenfeng, chefe da missão do Gabinete Consultivo Chinês da Áreas Contra Paludismo explicou que este novo ciclo de fumigação, que visa atacar o mosquito transmissor de paludismo, vem juntar-se ao tratamento em massa através de administração de medicamentos como Artequick (Arteminina + Piperaquina) e primaquina.

Aludiu igualmente que a nova ronda surge no início da época da gravana (ausência de chuva), com finalidade de se inverter a tendência do aumento de casos que se tem registado nos últimos meses em São Tomé e Príncipe.

O novo ciclo de fumigação vai percorrer as identificadas zonas vulneráveis do distrito de Agua-Grande, nomeadamente, Bairro de Liberdade, Diogo Nunes, Campo de Milho, Poto-Poto, etc.