Notícias

Empresa chinesa instala cabo submarino a ligar Cabo Verde e Senegal

A empresa chinesa HMN Tech anunciou na terça-feira a instalação de um cabo submarino – parte do Expresso Regional Africano (SHARE, na sigla em inglês) – a ligar Cabo Verde e Senegal.

Segundo um comunicado, o cabo, com uma extensão de 720 quilómetros, terá capacidade para transmitir 16 terabytes por segundo entre Dacar e Praia, as capitais dos dois países.

O SHARE deverá entrar em funcionamento no primeiro trimestre de 2022, complementando ligações existentes à Europa e América do Sul através de outros cabos submarinos internacionais que passam por Cabo Verde.

O projecto está a ser financiado pelo Senegal, sendo que o cabo será operado pela Agência senegalesa de Informação do Estado (ADIE, na sigla em francês).

O Director-Geral da ADIE, Cheikh Bakhoum, disse que o SHARE vai ajudar o Senegal a transformar-se numa das principais plataformas de Internet da África Ocidental, refere o comunicado.