Notícias do Fórum de Macau

Visita do Director do Gabinete de Ligação do Governo Central na RAEM, Dr. Zheng Xiaosong, ao Secretariado Permanente do Fórum de Macau

No passado dia 31 de Maio de manhã, o Director do Gabinete de Ligação do Governo Central na RAEM, Dr. Zheng Xiaosong, acompanhado pelo Subdirector do Gabinete de Ligação, Dr. Yao Jian, deslocaram-se ao Secretariado Permanente do Fórum de Macau para realizar um encontro de intercâmbio, onde foram abordadas orientações de trabalho. A Secretária-Geral, Dra. Xu Yingzhen, presenciou a reunião, chefiando os membros do Secretariado Permanente para participar neste encontro.

A Secretária-Geral, Dra. Xu Yingzhen, expressou as mais calorosas boas vindas ao Director do Gabinete de Ligação, Dr. Zheng Xiaosong, e agradeceu ao Gabinete de Ligação por ter sempre dado atenção, orientações e forte apoio ao Secretariado Permanente. A Secretária-Geral fez durante o encontro um breve sumário dos trabalhos desenvolvidos pelo Secretariado desde a criação do Fórum de Macau e apresentou as actividades comemorativas do 15.o aniversário do estabelecimento do Fórum de Macau, assim como os principais trabalhos desenvolvidos, nomeadamente na promoção da economia e do comércio entre a China e os Países de Língua Portuguesa, na cooperação no âmbito da capacidade produtiva, na cooperação entre Províncias e Municípios, na cooperação no âmbito de recursos humanos, no intercâmbio cultural e no papel de Macau enquanto Plataforma. Durante o encontro, os membros do Secretariado Permanente fizeram respectivamente várias apresentações.

Ouvidas as apresentações da Secretária-Geral, Dra. Xu Yingzhen, e dos membros do Secretariado Permanente sobre o Secretariado, o Director do Gabinete de Ligação, Dr. Zheng Xiaosong, procurou reafirmar que o Governo Central dá grande importância à construção de Macau como “Um Centro, Uma Plataforma”, apoiando o desenvolvimento da diversificação adequada da economia do território. Referiu que, no decurso destes 15 anos desde o estabelecimento do Fórum de Macau, os Países membros do Fórum de Macau estabeleceram sinceros laços de cooperação, procurando o desenvolvimento comum. Além disso, o Governo da RAEM concedeu grande apoio e desenvolveu incansáveis esforços para reforçar a cooperação intergovernamental, a cooperação no âmbito da promoção do comércio e do investimento, a promoção do intercâmbio humanístico, o aprofundamento da formação de recursos humanos e a construção de “Uma Plataforma”, tendo sido obtidos resultados positivos.

Sobre os trabalhos do Secretariado Permanente, o Director do Gabinete de Ligação, Dr. Zheng Xiaosong, apresentou cinco sugestões orientadoras: 1) Melhoramento do mecanismo de trabalho do Fórum de Macau e da construção da Plataforma; 2) Em articulação com a iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”, expandir a amplitude e a profundidade da cooperação económica e comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa; 3) Implementação e concretização efectiva das directivas consagradas nos “Plano de Acção para a Cooperação Económica e Comercial” e no “Memorando de Entendimento sobre a Promoção da Cooperação da Capacidade Produtiva”; 4) Reforço do intercâmbio humanístico entre a China e os Países de Língua Portuguesa; 5) Apoio ao Governo da RAEM na construção, dentro do prazo previsto, do Complexo da Plataforma entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

O Director do Gabinete de Ligação, Dr. Zheng Xiaosong, assegurou ao Secretariado que o Gabinete de Ligação do Governo Central na RAEM continuará, como tem vindo a fazer, a apoiar os trabalhos desenvolvidos pelo Secretariado Permanente do Fórum de Macau. Por outro lado, exprimiu o desejo de poder melhorar o mecanismo do Fórum de Macau com o empenho de todos e enriquecer o conteúdo da cooperação entre a China e os Países de Língua Portuguesa, referindo ainda o apoio necessário a ser garantido ao Governo da RAEM no trabalho da construção de Macau como “Plataforma de Serviços para a Cooperação Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa”, de modo a contribuir mais para a cooperação entre a China e os Países de Língua Portuguesa.