Notícias

Queda dos preços do petróleo com impacto limitado em Timor-Leste: Vice-Ministro

A quebra generalizada nos preços do petróleo está a ter um impacto limitado nas contas públicas de Timor-Leste, de acordo com o Vice Ministro das Finanças do país, Helder Lopes.

“A volatilidade nos preços, nomeadamente as quedas, só afecta 10 por cento do crude que está ainda por explorar”, afirmou o Vice Ministro em entrevista à agência portuguesa de notícias Lusa.

“O Governo está preocupado, mas da riqueza petrolífera de Timor-Leste, dos dois campos que estamos a explorar, só 10 por cento está ainda no solo sendo que os restantes 90 por cento se transformaram já em activos financeiros, nomeadamente no Fundo Petrolífero”, explicou Helder Lopes.

O governante afirmou ainda que a estratégia do Governo timorense se concentra agora na diversificação do investimento relativo ao Fundo Petrolífero, bem como na diversificação da própria economia do país.

“Entendemos que a receita dos campos está a cair devido à menor produção e aos preços, e, por isso, estamos a rever a estratégia de investimento para conseguir um maior retorno”, referiu o Vice Ministro.

De acordo com o banco central de Timor-Leste – citado pela Lusa –, o Fundo Petrolífero do país contava no terceiro trimestre de 2015 com US$16,44 mil milhões, o que representa uma quebra de US$420 milhões em relação ao trimestre anterior.