Notícias

Corretores de imóveis em Portugal atraem investidores chineses com apartamentos e fundos imobiliários

Os corretores de imóveis em Portugal estão a atrair investidores estrangeiros, sobretudo chineses, para o programa de vistos dourados, recorrendo a apartamentos com serviços de hotel e fundos imobiliários.

A partir deste ano, Portugal restringiu o programa de vistos dourados em Lisboa, Porto e áreas costeiras de alta densidade, empurrando o investimento para o interior menos desenvolvido. Os imóveis comerciais em Lisboa, no entanto, não estão abrangidos pelas restrições, pelo que alguns promotores estão a vender apartamentos com serviços de hotel que permitirão aos compradores em Lisboa solicitar um visto dourado, enquanto outros estão a criar fundos imobiliários para que potenciais investidores possam comprar uma participação, de acordo com a Bloomberg.

Até agora, apenas 16% dos candidatos aprovados são chineses, abaixo dos 81% em 2014, de acordo com dados do Serviço de Imigração e Fronteiras de Portugal e do Investment Migration Insider, um site de rastreamento de residência e cidadania.