Notícias

Conferência internacional discute papel de Macau como plataforma

Arrancou na quarta-feira em Macau uma conferência académica internacional que vai discutir o papel da cidade enquanto plataforma de cooperação entre a China e os países lusófonos, e de promoção da língua portuguesa.

A conferência, que termina amanhã, é organizada pelo Centro Pedagógico e Científico da Língua Portuguesa do Instituto Politécnico de Macau (IPM) e pelo Instituto Português do Oriente.

Num comunicado, o IPM refere que o evento conta com mais de 70 peritos, académicos e professores vindos de 18 países e territórios, incluindo académicos da Universidade de Oxford, Universidade de Lisboa e Universidade de São Paulo.

Macau é uma base para a integração cultural entre o Ocidente e o Oriente, assim como uma plataforma sino-lusófona de serviços comerciais, disse o Cônsul-Geral de Portugal em Macau e Hong Kong, Paulo Cunha Alves, na cerimónia de abertura da conferência.

Nos últimos anos, a língua portuguesa tem ganho um papel cada vez mais importante a nível mundial nas áreas política e económica, no comércio, cultura e educação, acrescentou o diplomata.