Notícias

Chineses são os que gastam mais, em média, em imobiliário em Portugal

Os compradores chineses foram os que mais gastaram, em média, em imóveis adquiridos em Portugal em 2019: mais de 373 mil euros (quase US$454 mil) por unidade, segundo um estudo da Associação Portuguesa de Resorts.

O estudo, citado pelo Notícias ao Minuto na quarta-feira, revela que os compradores chineses adquiram 443 imóveis dos 19.520 comprados por estrangeiros em Portugal em 2019.

De acordo com o portal noticioso português, a China foi a quinta mais importante fonte de investimento estrangeiro no imobiliário em Portugal em 2019, atrás da França, Reino Unido, Brasil e Alemanha.

O estudo revela que cada euro investido por um estrangeiro no imobiliário em Portugal gera, em média, sete euros para a economia do país, no espaço de cinco anos.

O estudo foi feito com base em dados do Instituto Nacional de Estatística de Portugal, do Gabinete de Estatísticas da União Europeia e da Organização para a Cooperação e Desenvolvimento Económico.