Notícias

China financia infra-estruturas na cidade angolana de Sumbe

As infra-estruturas da cidade de Sumbe foram integradas na nova linha de crédito da China, anunciou no domingo o Ministro angolano da Construção e Obras Públicas, Manuel Tavares, segundo um comunicado do Governo de Angola.

O governante revelou durante uma visita à região que está em processo um concurso público para encontrar um empreiteiro para terminar a construção do Palácio do Governador em Sumbe, capital da Província de Cuanza Sul.

Segundo o comunicado, Manuel Tavares garantiu ainda que a construção das estradas que vão ligar Sumbe à capital angolana Luanda e a Benguela vai ser retomada em breve.

O Ministro disse também que a estrada a ligar as cidades de Maria Teresa e Dondo, na Província de Cuanza Norte, atribuída à empresa chinesa China Tiesiju Civil Engineering Group Co., Ltd, estará concluída no início de 2019.

China e Angola assinaram este mês em Pequim um acordo que cria uma nova linha de crédito do Banco de Desenvolvimento da China no valor de US$2 mil milhões.