Notícias

China ajuda São Tomé a detectar Covid-19

São Tomé e Príncipe inaugurou na terça-feira um laboratório de despiste da Covid-19, onde vão trabalhar 12 especialistas chineses, entre epidemiologistas, pneumologistas e técnicos de cuidados intensivos.

Segundo a Voice of America, o laboratório foi oferecido pela Organização Mundial de Saúde (OMS) e transportado num avião fretado pelo Governo chinês, que trouxe ainda quatro técnicos da OMS e os especialistas chineses.

O embaixador da China em São Tomé e Príncipe, Wang Wei, disse que a chegada dos 12 especialistas é uma resposta de Pequim ao pedido de ajuda lançado pelas autoridades do arquipélago, referiu a rádio estatal norte-americana.

A Ministra são-tomense dos Negócios Estrangeiros, Elsa Pinto, congratulou-se com a chegada dos especialistas “numa altura em que o país está na fase ascendente da pandemia”, acrescenta a notícia.