Notícias

Embaixada da China apoia vítimas das cheias em Moçambique

A Embaixada da China em Moçambique doou na quarta-feira uma série de materiais de construção ao Governo de Moçambique, visando ajudar as centenas de famílias afectadas pelas cheias deste ano naquele país africano, revelou a agência oficial chinesa de notícias Xinhua.

“Este donativo é mais uma prova da amizade e da cooperação entre as duas nações”, afirmou Su Jian, Embaixador da China em Moçambique.

A Embaixada doou ao Governo moçambicano um conjunto de materiais de construção para que os mesmos possam apoiar as famílias que viram as suas casas serem evacuadas devido às inundações e que moram actualmente em abrigos temporários.

“Até ao momento, instalámos cerca de 50 bairros de asilos temporários. Estas famílias vivem em zonas de elevada vulnerabilidade. Os donativos serão entregues a estas famílias”, afirmou Casimiro Abreu, Director-Geral Adjunto do Instituto Nacional de Gestão de Calamidades de Moçambique.

Segundo relatou na altura a agência de notícias Reuters, as chuvas e as inundações da última Primavera atingiram severamente Moçambique, provocando a morte a pelo menos 150 pessoas e obrigando mais de 250.000 a deixarem as suas casas.