Notícias

Inflação na China sobe 1,4 por cento em 2015

A inflação na China subiu 1,6 por cento em termos anuais em Dezembro, contribuindo para que a taxa registada no cômputo geral de 2015 fosse a mais baixa dos últimos seis anos, de acordo com dados oficiais.

O Gabinete Nacional de Estatísticas da China anunciou na sexta-feira que o índice de preços no consumidor do país aumentou 1,4 por cento em termos anuais em 2015. O valor ficou abaixo da meta de 3 por cento definida pelo Governo Central para o ano passado.

Em comunicado, o Gabinete explicou que a subida registada em Dezembro ficou a dever-se, sobretudo, ao aumento dos preços de alimentos como vegetais e frutas.

O Gabinete Nacional de Estatísticas da China revelou também que o índice de preços no produtor – que mede os custos dos bens após produção – caiu 5,9 por cento em termos anuais em Dezembro. Tratou-se do 46.º mês consecutivo de quebra deste indicador. Já na totalidade de 2015, o índice de preços no produtor registou uma queda anual de 5,2 por cento, acrescentou o organismo.

No mês passado, o banco central da China afirmou – num documento de trabalho – que o índice de preços no consumidor do país deverá subir 1,7 por cento em termos anuais em 2016. As previsões da instituição apontam ainda para uma quebra anual de 1,8 por cento este ano no índice de preços no produtor.