Notícias

Banco da China prevê que PIB do país crescerá 7,2% em 2015

O produto interno bruto (PIB) da China deverá crescer cerca de 7,2 por cento em 2015, segundo um relatório publicado esta semana pelo Banco da China. De acordo com a instituição financeira o Governo poderá anunciar mais cortes nas taxas de juro para estimular a economia em 2015.

Esta é uma das poucas previsões públicas feitas por um importante órgão estatal que indica que a economia chinesa poderá continuar a abrandar em 2015.

O relatório refere que o excesso de produção em alguns sectores e o ajustamento no sector imobiliário são factores que contribuem para o abrandamento da economia do país.

A economia chinesa deverá crescer 7,4 por cento este ano, ligeiramente abaixo da meta de 7,5 por cento estabelecida pelo Governo Central, diz o relatório do Banco da China. A confirmar-se a previsão, será o valor mais baixo desde 1991.

“Em termos gerais a economia mantém-se num nível razoável e há sinais de melhoria”, afirmou Chen Weidong, analista do Banco da China, um dos “quatro grandes” bancos da China.

O relatório indica também que o Banco Central da China continuará a seguir uma política monetária “prudente”, mas refere a “crescente probabilidade” de novos cortes nas taxas de juro no próximo ano.

O Banco Central da China anunciou em Novembro o primeiro corte nas taxas de juro em mais de dois anos, medida que poderá ajudar a reduzir os custos de financiamento ao sector privado e dar novo impulso à economia.