Notícias

Comércio externo da China cai em Janeiro

As exportações e as importações da China caíram em Janeiro devido ao enfraquecimento da procura global, mas o saldo positivo do comércio externo subiu para um valor recorde no mesmo mês, de acordo com a agência oficial chinesa de notícias Xinhua.

A Administração Geral das Alfândegas da China anunciou que as exportações – denominadas na moeda chinesa – caíram 6,6 por cento, em termos anuais, para 1,14 biliões de yuan em Janeiro, em comparação com uma subida de 2,3 por cento registada em Dezembro.

As importações chinesas registaram uma quebra anual de 14,4 por cento para 737,5 mil milhões de yuan no mês passado, depois de terem caído 4 por cento no mês anterior.

Em Janeiro, o saldo positivo da balança comercial da China cresceu 12,2 por cento em termos anuais para o valor recorde de 406,2 mil milhões de yuan, segundo a Administração Geral de Alfândegas da China.

Citado pela Xinhua, o banco HSBC atribuiu o desempenho das trocas comerciais da China em Janeiro à fraca procura externa e à queda dos preços das matérias-primas.