Notícias

Exportações de minério de ferro do Brasil em queda

O abrandamento do crescimento económico da China está a ter repercussões no comércio externo do Brasil, o segundo maior exportador mundial de minério de ferro, segundo um comunicado da Secção Económica e Comercial da Embaixada da China no Brasil.

O preço do minério de ferro caiu para 75 dólares por tonelada em finais de Novembro, menos 23 dólares quando comparado com o ano passado. Os preços têm vindo a cair devido à menor procura da China no mercado internacional, devido ao abrandamento da economia chinesa e à quebra na produção industrial no país.

Em Novembro, as exportações de minério de ferro do Brasil caíram cerca de 16 por cento em comparação ao mês homólogo de 2013.

O valor das exportações de minério de ferro fixou-se nos 23,8 mil milhões de dólares nos primeiros 11 meses de 2014, o equivalente a 11,5 por cento do valor total das exportações brasileiras, segundo o mesmo comunicado.

As importações do Brasil devem superar as exportações este ano, com o país a registar o primeiro défice comercial em 14 anos. Segundo dados oficiais, o défice acumulado até Novembro já chega a 4,2 mil milhões de dólares.

O consumo de minério de ferro por parte da China aumentou substancialmente na última década devido ao rápido desenvolvimento do país. Porém, o comércio de aço no mercado doméstico deve continuar a abrandar no próximo ano devido ao abrandamento do crescimento económico do país, de acordo com o Instituto de Planeamento e Pesquisa Industrial da China.