Notícias

China financia alimentação de cantinas escolares na Guiné-Bissau

A China vai apoiar com US$2 milhões a alimentação nas cantinas escolares da Guiné-Bissau, anunciou na sexta-feira o Embaixador chinês em Bissau, Guo Ce, citado pela agência noticiosa portuguesa Lusa.

A doação, feita no quadro da cooperação com a Organização das Nações Unidas para a Alimentação e Agricultura, visa reforçar a segurança alimentar na Guiné-Bissau, acrescentou o diplomata.

Guo Ce falava no final de um encontro com o Primeiro-Ministro da Guiné-Bissau, Nuno Gomes Nabiam, durante o qual disse também ser necessário atrair mais investimento chinês.

“Queremos promover o investimento de empresas chinesas no país para contribuir para o desenvolvimento socioeconómico”, disse o Embaixador, citado pela Lusa.

A reunião com Nuno Gomes Nabiam, disse Guo Ce, abordou ainda os vários projectos de cooperação chinesa em curso na Guiné-Bissau, incluindo a auto-estrada entre o Aeroporto Internacional Osvaldo Vieira e Safim.