Notícias

China apoia introdução de televisão digital em Moçambique

O Presidente de Moçambique, Filipe Nyusi, inaugurou o centro digital da televisão pública do país, um marco na modernização tecnológica em curso na nação africana. O centro, construído com o apoio da China, irá contribuir para que, até ao final do corrente ano, a televisão digital chegue até pelo menos 400 mil famílias.

Segundo a Rádio China Internacional, Filipe Nyusi falava durante a cerimónia de abertura do centro, na capital moçambicana, Maputo, na sexta-feira.

Filipe Nyusi agradeceu à China por disponibilizar apoio técnico e financeiro a um centro que irá ligar Moçambique ao mundo e melhorar a infra-estrutura de telecomunicações do país.

O centro vai ajudar a promover o desenvolvimento socioeconómico de Moçambique, defendeu o Embaixador da China em Maputo, Wang Hejun, citado pelo serviço em português da rádio estatal chinesa.

O centro foi construído pela empresa chinesa StarTimes, com financiamento chinês no valor de US$156 milhões. A nova rede digital inclui 60 retransmissores espalhados pelas capitais provinciais e vários distritos de Moçambique, e vai começar a transmitir com 18 canais.