Notícias

China ajuda Brasil a manter balança comercial positiva em 2020

A balança comercial brasileira registou no ano passado um excedente de US$50,99 mil milhões, mais 7 por cento do que em 2019, anunciou na segunda-feira a Secretaria de Comércio Exterior do Ministério da Economia.

O comércio com o Interior da China, Hong Kong e Macau foi responsável por mais de dois terços do resultado positivo, representando um excedente de US$35,44 mil milhões, mais 3,8 por cento do que no ano anterior.

As exportações brasileiras para o Interior da China, Hong Kong e Macau cresceram 7,3 por cento em 2020, atingindo US$70,08 mil milhões, enquanto as importações caíram 2,7 por cento para US$34,64 mil milhões.

“A forte resiliência das exportações brasileiras foi, em muito, influenciada pelo ritmo de recuperação da região asiática”, confirmou num comunicado o Secretário brasileiro do Comércio Exterior, Lucas Ferraz.

A Secretaria prevê que o Brasil registe um excedente comercial de US$53 mil milhões este ano, mais 3,9 por cento do que em 2020.