Notícias

Financiamento chinês oferece apoio a Sonangol

A petrolífera estatal angolana Sonangol possui cerca de US$2 mil milhões em dívida bancária concedida por instituições financeiras chinesas, nomeadamente pelo Banco de Desenvolvimento da China e Banco da China, disse o Presidente da Sonangol, Carlos Saturnino, na quarta-feira, segundo a agência noticiosa Reuters.

Durante uma conferência de imprensa na capital Luanda, o gestor disse que, após ter atingido US$14 mil milhões em 2017, a dívida total da empresa tinha caído para menos de US$5 mil milhões, sobretudo graças a uma injecção de capital de US$10 mil milhões feita pelo Governo angolano.

Segundo a Reuters, Carlos Saturnino acrescentou que os lucros da Sonangol subiram em flecha no ano passado para US$224 milhões, quase o triplo dos US$81 milhões registados em 2016, quando os preços do crude estavam mais baixos.

O presidente da Sonangol disse ainda que Angola deverá produzir em média 1,6 milhões de barris de petróleo por dia durante este ano, um ritmo semelhante à média registada em 2017: 1,632 milhões.