Notícias

Cabo Verde quer aprofundar cooperação com China 

As relações bilaterais de cooperação entre Cabo Verde e a China atingiram um novo patamar, com os líderes do país africano a anunciar – durante reuniões com o Ministro chinês dos Negócios Estrangeiros, Wang Yi, em visita à cidade cabo-verdiana da Praia – o seu apoio à iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”, promovida por Pequim.

A China é um amigo próximo de Cabo Verde e tem vindo a prestar apoio ao país insular desde a sua independência, reconheceu o Presidente cabo-verdiano, Jorge Carlos Fonseca, durante o seu encontro com Wang Yi, que decorreu no sábado.

De acordo com a agência noticiosa oficial chinesa Xinhua, Cabo Verde está disposto a apoiar e integrar a iniciativa “Uma Faixa, Uma Rota”, de forma a aprofundar a cooperação mútua com a China, segundo Jorge Carlos Fonseca. Por sua vez, o Primeiro-Ministro de Cabo Verde, Ulisses Correia e Silva, acrescentou que a zona económica especial de São Vicente, a iniciativa “Cidade Segura” e o projecto de habitação comunitária eram prioridades na agenda de desenvolvimento do país, nas quais a participação da China seria bem-vinda.

Cabo Verde considera a China um parceiro fiável para os países africanos e defende o direito legítimo de Pequim em reclamar para si um papel mais preponderante nos assuntos internacionais, afirmou ainda Ulisses Correia e Silva, que se reuniu com Wang Yi também no sábado.