Notícias

Brasil vai exportar lítio para a China

O Brasil vai reaproveitar resíduos de concentrado de lítio, resultantes da produção de tântalo numa mina localizada no estado brasileiro de Minas Gerais, para exportação, avançou a Agência Brasil.

De acordo com a agência noticiosa estatal brasileira, todo o lítio extraído nos três primeiros anos tem já como destino a China.

Segundo Flávio Mota, Chefe do Departamento de Indústria de Base e Extractiva do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES) – que vai investir 221 milhões de reais (US$45,5 milhões) no projecto –, está prevista a produção de 90 mil toneladas de concentrado de lítio por ano a partir dos residios, o que resultará num aumento em 10 vezes da produção brasileira deste produto.

O projecto vai contribuir para o encerramento de duas barragens criadas para armazenar os resíduos produzidos pela mina, reduzindo os riscos para a população, além de promover o uso de energias renováveis visto que o lítio é essencial para a produção de baterias para armazenamento de energia, sublinha a notícia.