Notícias

Base brasileira na Antárctica reabre em Janeiro

Uma base brasileira de investigação na Antárctica vai reabrir em Janeiro após uma reconstrução estimada em US$100 milhões e levada a cabo pela China Electronics Import and Export Corporation (CEIEC).

De acordo com a Agência Brasil, a nova Estação Antárctica Comandante Ferraz, na ilha de Rei George, começou a ser construída em 2017, após um fogo ter parcialmente destruído as instalações anteriores.

A CEIEC teve de construir a nova estação, com uma área de 4.500 metros quadrados, em módulos na China e gradualmente instalá-la na Antárctica nos meses de Verão, entre Outubro e Abril, referiu a agência noticiosa estatal brasileira.

A nova estação poderá albergar 64 pessoas. O número de laboratórios subiu de cinco nas anteriores instalações para 17, incluindo um laboratório de microbiologia para pesquisar fungos que só existem na Antárctica.

Segundo a Agência Brasil, 30 por cento da energia consumida vem de fontes renováveis produzidas no centro de pesquisa, que inclui um parque eólico e placas para captar energia solar.