Notícias

Exportação de carne bovina brasileira para a China Continental sobe mais de 50% em 2019

O Brasil vendeu 494 mil toneladas de carne bovina para a China Continental no ano passado, um aumento de 53,2 por cento, anunciou esta semana a Associação Brasileira das Indústrias Exportadoras de Carnes (ABIEC).

Num relatório citado pela Xinhua, a ABIEC sublinha que o valor das exportações de carne de vaca brasileira para a China subiram 80 por cento, atingindo US$2,67 mil milhões.

Em 2019 a China Continental continuou a ser o principal destino para a carne de vaca brasileira, seguido de Hong Kong, Egipto, Chile, União Europeia, Emirados Árabes Unidos, Irão e Rússia, refere a agência noticiosa estatal chinesa.

A ABIEC revelou que no ano passado o Brasil exportou para todo o mundo 1,84 milhões de toneladas de carne bovina – um aumento de 12,4 por cento – no valor de US$7,59 mil milhões, o que representa uma subida de 15,5 por cento em relação a 2018. Ambos valores representam novos máximos históricos, refere a Xinhua.

O Presidente da ABIEC, Antônio Camardelli, disse que o aumento das exportações de carne bovina se deveu à forte procura da China, que deverá reforçar ainda mais o seu estatuto de principal mercado para o Brasil.