Notícias

Brasil aposta em vacinas contra COVID-19 importadas da China, Índia

A vacinação contra a COVID-19 vai começar no Brasil com vacinas importadas da China e da Índia, anunciou na quarta-feira o Secretário-Executivo do Ministério brasileiro da Saúde, Elcio Franco.

A campanha de vacinação arranca assim que for autorizada pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) do Brasil, que se irá reunir no domingo para analisar o pedido de uso de emergência das duas vacinas.

O pedido da CoronaVac, desenvolvida pelo laboratório chinês Sinovac Biotech Ltd., foi apresentado pelo centro científico público brasileiro Instituto Butantan, refere a Reuters.

Segundo a agência noticiosa, Elcio Franco prevê utilizar seis milhões de doses da CoronaVac, já importadas pelo Brasil, numa fase inicial da campanha de vacinação.

O responsável disse que o planeamento da campanha está pronto e será divulgado em breve, e que o Governo espera ter toda a população brasileira imunizada no espaço de 16 meses.