Notícias

China oferece materiais para promover literacia em Angola

A China doou a Angola materiais no valor total de US$30.000 para promover a literacia no país africano, de acordo com o Jornal de Angola.

Este é o quarto ano em que a China oferece a Angola materiais deste tipo, que incluem canetas, quadros, lápis, borrachas e cadernos, segundo o diário.

“A educação é uma causa nobre e um pilar para a sustentabilidade e desenvolvimento de um país”, afirmou Cui Aimin, Embaixador da China em Angola, citado pelo jornal.

O diplomata acrescentou ainda que a China está disponível para partilhar com Angola a sua experiência na área da promoção da literacia.

A taxa de iliteracia em Angola caiu de 85 por cento da população quando o país se tornou independente, em 1975, para 27 por cento em 2014, segundo a mesma notícia.