Notícias

Banco chinês negoceia diferimento de dívida angolana

O Embaixador chinês em Luanda, Gong Tao, revelou que o banco estatal Export-Import Bank of China está a negociar com Angola um novo diferimento do pagamento da dívida angolana, avançou a Lusa.

Segundo a agência noticiosa portuguesa, o diplomata disse na segunda-feira que as principais instituições financeiras chinesas têm reagido “de forma muito activa” para aliviar o serviço da dívida angolana.

Numa conferência de imprensa, Gong Tao prometeu continuar a encorajar as empresas chinesas a investir mais em Angola e a apoiar a diversificação económica e industrialização do país africano.

De acordo com a agência noticiosa estatal angolana Angop, o Embaixador disse estar também a negociar a ida para Angola, ainda este ano, de uma nova missão médica chinesa – a sétima –, composta por 12 profissionais.

A maioria dos 72 médicos chineses actualmente em Angola está a trabalhar no Hospital Geral de Luanda, mas a China quer enviar médicos para prestar serviços gratuitos fora da capital, sublinhou Gong Tao.