Notícias

Produtora alimentar brasileira vê vendas para a China disparar

A produtora alimentar brasileira BRF SA revelou que as vendas de frango para a China subiram 90 por cento em Abril, em comparação com igual mês de 2019, após ter recebido autorização para exportar de mais matadouros.

De acordo com a Bloomberg, a procura chinesa ajudou a BRF a atingir lucros acima das previsões no primeiro trimestre deste ano.

Numa teleconferência na segunda-feira, Lorival Luz, Director e Presidente da BRF, disse esperar que a procura chinesa permaneça forte, referiu a agência noticiosa financeira.

O preço da carne exportada pela BRF para a China subiu 25 por cento em dólares norte-americanos, após um surto de febre suína africana ter afectado a produção chinesa de carne de porco.

O Brasil exportou 1,36 milhões de toneladas de frango para todo o mundo nos primeiros quatro meses deste ano, mais 5,1 por cento do que no mesmo período de 2019, anunciou a Associação Brasileira de Proteína Animal (ABPA).