Notícias

AliExpress abre plataforma a vendedores brasileiros

O Brasil tornou-se o primeiro país das Américas – e o sexto do mundo – cujos comerciantes podem vender os seus produtos na plataforma chinesa de comércio electrónico AliExpress, através do modelo “local to local”, avançou na segunda-feira O Globo.

O registo começou há três semanas e “posso dizer que já temos milhares de vendedores”, disse ao jornal brasileiro Yaman Alpata, Chefe de Vendas da AliExpress no Brasil.

O envio de produtos brasileiros comprados na plataforma chinesa será coordenado pela empresa de logística Cainiao Smart Logistics Network, que, tal como a AliExpress, faz parte do grupo Alibaba Group Holding Ltd.

Os produtos brasileiros vendidos na AliExpress serão entregues no mesmo dia ou no dia seguinte à aquisição, sendo que o transporte será gratuito para compras acima de 50 reais (US$9,3).

Yaman Alpata confirmou ainda que a AliExpress tem planos para construir um centro de distribuição próprio no Brasil, para que os produtos cheguem o mais rápido possível aos consumidores.