Notícias

Brasil pode beneficiar do surto de febre suína na China

O Brasil é um dos países que mais pode beneficiar de uma maior procura por carne de ave importada na China devido ao recente surto de febre suína, que poderá eventualmente reduzir a procura por carne suína, disse um analista do banco holandês Rabobank, citado pelo GlobalMeatNews.com.

Segundo o portal noticioso, Nan-Dirk Mulder, analista sénior do Rabobank, disse que os países que já têm autorização para exportar carne de ave para a China partem com uma vantagem significativa.

“Os países que podem fornecer [carne] à China estão bem posicionados para beneficiar desta situação, como o Brasil e alguns países do Leste Europeu”, disse o analista.

Nan-Dirk Mulder, o autor principal do relatório trimestral do Rabobank sobre o mercado mundial da carne de ave, disse que o preço do frango na China deverá aumentar este ano, “uma vez que alguns consumidores vão preferir galinha à carne de porco”.

A China iria então precisar de importar mais carne de ave, porque “a produção local de aves de capoeira é restringida pelo escasso número de animais de criação disponíveis”, acrescentou o analista.