Notícias do Fórum de Macau

Realizada 11ª Reunião Ordinária do Secretariado Permanente do Fórum de Macau

Realizou-se no dia 30 de Março, em Macau, a 11ª Reunião Ordinária do Secretariado Permanente do Fórum para a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa (Macau), com a participação de representantes do Ministério do Comércio da China, do Departamento dos Assuntos Económicos do Gabinete de Ligação do Governo Central na RAEM, dos Embaixadores dos Países de Língua Portuguesa em Pequim, dos Pontos Focais dos Países de Língua Portuguesa, dos membros do Secretariado Permanente do Fórum de Macau e representantes do Governo da RAEM.

Durante a reunião foi apresentada uma retrospectiva sobre o trabalho realizado em 2015 pelo Secretariado Permanente do Fórum de Macau. Foi também aprovado o Programa de Actividades para o ano de 2016. Os participantes tiveram também a oportunidade de trocar opiniões sobre os trabalhos preparatórios da 5ª Conferência Ministerial, bem como sobre o novo Plano de Acção.

No ano passado, com o grande apoio dos países participantes do Fórum de Macau e do Governo da RAEM, o Secretariado Permanente do Fórum de Macau elegeu como os seus principais objectivos a implementação e concretização das 8 novas medidas anunciadas na 4ª Conferência Ministerial e do Plano de Acção para a Cooperação Económica e Comercial (2014-2016). O Secretariado Permanente procurou, empenhadamente, concretizar os trabalhos no âmbito da promoção do investimento e comércio, cooperação na área de recursos humanos e intercâmbio cultural, cumprindo integralmente o seu programa de actividades para o ano de 2015.

No âmbito da promoção do investimento e comércio, o Secretariado Permanente do Fórum de Macau organizou e participou em cerca de 30 diversas actividades promocionais de economia e comércio no Interior da China, nos Países de Língua Portuguesa e em Macau. As actividades incluíram a Mesa Redonda com dirigentes de Províncias e Municípios da China e dos Países de Língua Portuguesa; a Sessão de Intercâmbio entre os Países de Língua Portuguesa e Empresários de Macau; o Fórum de Jovens Empresários entre a China e os Países de Língua Portuguesa; o Seminário de Alto Nível sobre Turismo, Convenções e Exposições entre a China e os Países de Língua Portuguesa; o Encontro Ministerial sobre Infra-estruturas; a Cimeira para o Desenvolvimento Comercial e Industrial da Província de Jiangsu, Macau e dos Países de Língua Portuguesa; bem como sessões de apresentação e workshops dos Países de Língua Portuguesa.

Foram ainda efectuadas visitas a Changsha, Nanchang, Taiyuan, Chingyuan, Zhongshan e Hengqin, instalados um pavilhão dos Países de Língua Portuguesa e o stand do Fórum de Macau em diversos certames, e realizadas várias sessões de apresentação, encontros e seminários. Todas estas iniciativas permitiram divulgar informação sobre os ambientes de investimento e de negócios dos Países de Língua Portuguesa, o Fundo de Cooperação e Desenvolvimento entre a China e os Países de Língua Portuguesa, o trabalho do Fórum de Macau, bem como as vantagens de Macau como a plataforma económica e comercial.

No âmbito da cooperação na área dos recursos humanos, o Centro de Formação do Fórum de Macau organizou 5 colóquios em Macau no ano de 2015, formando, no total, 112 representantes de autoridades e empresas dos Países de Língua Portuguesa, do Interior da China e do Governo da RAEM. Os colóquios realizados foram os seguintes: “Colóquio sobre desenvolvimento das pequenas e médias empresas para os Países de Língua Portuguesa”; “Colóquio sobre infra-estrutura de transporte e comunicação para os Países de Língua Portuguesa”; “Colóquio sobre Direito comercial e internacional para os Países de Língua Portuguesa”; “Colóquio sobre política ambiental para os Países de Língua Portuguesa”, e “Colóquio sobre inspecção das actividades comerciais e económicas para os Países de Língua Portuguesa”.

O Centro de Formação do Fórum de Macau organizou ainda várias visitas com os participantes dos colóquios, nomeadamente a Guangzhou, Changsha, Taiyuan e Nanchang.

Por outro lado, o Secretariado Permanente acompanhou, em Macau, o “Seminário Ministerial sobre as Experiências de Desenvolvimento Económico para as Autoridades de Angola” e o “Seminário Ministerial sobre a Cooperação Económica e Comercial entre a China e os Países de Língua Portuguesa”, organizados pela Academia Internacional para Autoridades Comerciais do Ministério do Comércio da China, bem como prestou apoio aos técnicos das respectivas áreas dos Países de Língua Portuguesa para estágios nos serviços públicos da RAEM.

No que diz respeito ao intercâmbio linguístico e cultural, o Secretariado Permanente do Fórum de Macau realizou o “Seminário sobre Ensino e Formação de Bilingues entre a China e os Países de Língua Portuguesa”, reforçando o intercâmbio e a cooperação na área de ensino de língua e formação de quadros profissionais. Foi também organizada a “7ª Semana Cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa” em Macau, congregando grupos culturais e artistas do Interior da China, de Macau e dos vários Países de Língua Portuguesa que mostraram a artes e cultura dos seus respectivos países, consolidando o intercâmbio cultural entre os países participantes do Fórum de Macau, melhorando o entendimento mútuo e fomentando a amizade.