guinea-bissau-Eng
Nome Oficial: República da Guiné-Bissau
Área (km2): 36.125
População (milhões): 1,93 (estimativa 2020)
Capital: Bissau
Língua oficial: Português
Chefe de Estado: Umaro Sissoco Embaló
Primeiro-Ministro: Nuno Gomes Nabiam
Moeda: Franco CFA (XOF)
Taxa de Câmbio: USD1 = 589.63 XOF (Março, 2020)
Hora local: GMT

Guinea-pic-1 Guinea-pic-2

A Guiné-Bissau, localizada no oeste de África, faz fronteira com o Senegal, a norte, e a Guiné, a leste e sul, perante o Oceano Atlântico a oeste. É composta por uma área de cerca de 36,125 mil km2 e uma população de aproximadamente 1,86 milhões de habitantes.

A economia da Guiné-Bissau baseia-se principalmente no sector agrícola, piscatório e mineiro. Os principais produtos para exportação são cajus, camarões e peixes congelados. O caju ocupa mais de 80% das exportações do país, sendo que a sua produção é a 4ª maior do mundo e 1ª em qualidade. O país, em 2014, aprovou o seu Plano Estratégico Operacional “Terra Ranka” e definiu 4 sectores como motores de crescimento económico para um desenvolvimento sustentável: Agricultura e Agroindústria, Pescas, Turismo e Minas.

A China e a Guiné-Bissau estabeleceram as relações diplomáticas no ano posterior da proclamação do Estado Independente da Guiné-Bissau em 1973. A Relação da Guiné-Bissau e a China revela-se importante desde os primórdios da Luta de Libertação Nacional. Após a sua independência, a China ajudou a Guiné-Bissau na construção de hospitais, escolas, infraestruturas que hoje se encontram instituições como Assembleia Nacional Popular, a Sede do Governo e a reconstrução do Palácio Presidencial, e outras obras não menos importantes. Em 2018, as trocas comerciais entre os dois países atingiram valores de 37,46 milhões de dólares americanos, residindo principalmente nas exportações chinesas, a maioria das quais são produtos electromecânicos, de altas e novas tecnologias e têxteis, etc.


MAIS DETALHES
Síntese do País
Guia de Investimento (apenas disponível em chinês)
– Mais Informações


VÍDEOS PROMOCIONAIS
Episódio 1: Visão das Oportunidades de Negócios
Guinea-bissau