gallery wordpress plugin

Para concretizar os objectivos do “Memorando de Entendimento sobre a Promoção da Cooperação da Capacidade Produtiva do Fórum de Macau”, realizou-se em Pequim no dia 16 de Dezembro, a 4.ª Reunião do Grupo de Trabalho da Cooperação da Capacidade Produtiva do Fórum de Macau, que contou com a presença de cerca de 30 participantes, incluindo dirigentes do Departamento para o Investimento Externo e Cooperação Económica do MOFCOM,  representantes do Departamento dos Assuntos de Taiwan, Hong Kong e Macau do MOFCOM, embaixadores dos Países de Língua Portuguesa acreditados em Pequim ou seus representantes e membros do Secretariado Permanente do Fórum de Macau. A reunião foi presidida pela Secretária-Geral do Secretariado Permanente do Fórum de Macau, Dra. Xu Yingzhen.

Durante a reunião, o Chefe do Grupo de Trabalho da Cooperação da Capacidade Produtiva, Coordenador do Gabinete da Administração do Secretariado Permanente do Fórum de Macau, Dr. He Meng, fez um balanço dos respectivos trabalhos executados em 2019. Os representantes dos países participantes do Fórum de Macau fizeram, por sua vez,  um ponto da situação dos trabalhos desenvolvidos por cada país, apresentando ainda sugestões e propostas para acções futuras no âmbito da cooperação da capacidade produtiva entre a China e os Países de Língua Portuguesa, entre as quais o financiamento para as empresas e a consolidação e reforço da troca de informações, a intensificação na divulgação, o aproveitamento do Fundo de Cooperação e Investimento entre a China e os Países de Língua Portuguesa para a implementação de mais projectos e a promoção da cooperação da capacidade produtiva, através do aperfeiçoamento dos mecanismos bilaterais e multilaterais.

Na reunião, o Inspector Geral do Departamento para o Investimento Externo e Cooperação Económica do MOFCOM, Dr. Zheng Chao, apontou que a realização desta reunião reveste-se de particular significado para aprofundar os vários tipos de cooperação e investimento entre a China e os Países de Língua Portuguesa, incluindo cooperação dacapacidade produtiva, atribuindo ainda grande importância a uma boa execução dos trabalhos preparatórios para a  6.ª Conferência Ministerial do Fórum de Macau, a realizar no próximo ano. Nos anos recentes, a cooperação da capacidade produtiva entre a China e os Países de Língua Portuguesa tem sido aprofundada, de forma constante. Ao mesmo tempo, verificou-se um crescimento estável do investimento directo da China nos Países de Língua Portuguesa, um desenvolvimento acelerado da cooperação em infra-estruturas, destaques na construção das zonas de cooperação económica e comercial no estrangeiro, bem como novos progressos dos grandes projectos de cooperação da capacidade produtiva. Perspectivando o futuro, o dirigente referiu que a delegação chinesa fez propostas no sentido de melhorar o mecanismo de trabalho, reforçar a articulação dos diversos planos de desenvolvimento e promover a inovação de zonas de cooperação, entre outras, com o objectivo de fomentar, de forma coordenada, a cooperação no domínio do investimento entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

Nas suas observações finais, a Secretária-Geral, Dra. Xu Yingzhen expressou   que nos últimos três anos, o Secretariado Permanente tem elaborado o seu trabalho com enfoque na promoção da cooperação da capacidade produtivaentre a China e os Países de Língua Portuguesa. E, através desta reunião, fez-se uma retrospectiva dos trabalhos desenvolvidos, uma síntese de experiências, bem como dadas orientações claras relativamente aos trabalhos futuros, particularmente no contexto da 6.ª Conferência Ministerial e a forma como deverá ser impulsionada a cooperação entre a China e os Países de Língua Portuguesa nos três anos seguintes à Conferência. O Secretariado Permanente irá, como desde sempre, continuar a envidar todos os esforços rumo à  boa implementação dos consensos alcançados na conferência ministerial.