O Primeiro-Ministro de Timor-Leste, Taur Matan Ruak, visitou esta semana o navio-escola da marinha chinesa Qi Jiguang, que está atracado na capital do arquipélago, Díli, desde domingo, avançou a Xinhua.

Segundo a agência noticiosa estatal chinesa, após visitar a ponte de comando, a ponte de simulação para treino, a sala de trabalho e outras áreas do navio, o governante disse que a visita do Qi Jiguang ao país poderá reforçar a cooperação entre as marinhas e povos da China e Timor-Leste.

De acordo com a Xinhua, Taur Matan Ruak sublinhou ainda que o povo chinês serviu de inspiração e deu muito apoio a Timor-Leste durante o processo de independência e desenvolvimento do arquipélago.

Díli é a segunda paragem na missão do Qi Jiguang, que está pela primeira vez em Timor-Leste. O navio, que já passou por Brunei, vai depois visitar a Papua Nova Guiné, a Nova Zelândia e as ilhas Fiji, refere a notícia.