A Associação Nacional de Produtores de Pêra Rocha (ANP) de Portugal pretende participar na segunda edição da Feira Internacional de Importações da China, que decorre em Xangai em Novembro.

O Presidente da ANP, Domingos dos Santos, disse à agência noticiosa portuguesa Lusa que a associação recebeu este ano a visita de uma comitiva chinesa, em preparação para a participação na feira.

O grupo de produtores pretende “tentar abreviar os processos relativamente aos protocolos fitossanitários” e começar “a operacionalizar a parte comercial” para começar a vender pêra rocha na China em 2020, disse o responsável.

Em Maio passado, o Ministério português da Agricultura, Florestas e Desenvolvimento Rural disse que as negociações para a abertura do mercado chinês à pêra rocha estavam “numa fase bastante adiantada”.

Os membros da ANP esperam uma colheita de cerca de 200 mil toneladas de pêra rocha este ano, semelhante à de 2018, com 60 por cento a ir para o estrangeiro, nomeadamente para o Brasil e o Reino Unido, entre outros mercados, disse Domingos dos Santos.