O número de escritores chineses contemporâneos traduzidos para português está a aumentar e há mais livros clássicos portugueses a serem traduzidos para chinês, disse a Presidente da Associação Chinesa de Escritores, Tie Ning.

Segundo o jornal estatal chinês Beijing Youth Daily, a escritora falava durante a cerimónia de abertura do II Fórum Literário Portugal-China, que decorreu na capital chinesa, Pequim, na quarta-feira.

O escritor português José Luís Peixoto disse à Rádio China Internacional que a tradução chinesa do seu romance “Galveias” está a ser preparada e deverá ser publicada no próximo ano.

Segundo a rádio estatal chinesa, a Ministra portuguesa da Cultura, Graça Fonseca, disse também no Fórum que Portugal vai lançar um catálogo da literatura em língua portuguesa para estimular a tradução em outras línguas.

O primeiro Fórum decorreu na capital portuguesa, Lisboa, em Junho de 2017, sendo que a segunda edição acontece no âmbito do Festival de Cultura Portuguesa na China.