A China autorizou sete matadouros no estado brasileiro de Santa Catarina a exportar miúdos de suíno para o mercado chinês, anunciou na segunda-feira o Governo do Brasil.

A aprovação é resultado de negociações realizadas durante a visita do Presidente brasileiro Jair Bolsonaro à China no mês passado, disse a Ministra brasileira da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina Dias.

De acordo com a agência noticiosa Reuters, a governante disse na rede social Twitter que “as exportações já podem ter início imediato”.

Dois dos sete matadouros pertencem à produtora de carne brasileira JBS S.A., que, segundo a Reuters, anunciou que em breve vai exportar 400 toneladas de miúdos de suíno para a China.

Dos outros cinco matadouros, dois são geridos pela Pamplona Alimentos, dois pela Cooperativa Central Aurora Alimentos e um pela produtora alimentar BRF S.A., refere a agência de notícias.