A China já reabriu o mercado à carne bovina brasileira, após uma suspensão devido a um caso atípico da doença das vacas loucas detectado na semana passada, disse na quinta-feira a Ministra brasileira da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina Dias.

Segundo a agência noticiosa Reuters, a governante disse no Twitter que o Brasil irá retomar a emissão de certificados sanitários internacionais para permitir que as exportações para a China recomecem.

Segundo a Agência Brasil, Tereza Cristina Dias disse ainda que vai continuar a negociar com a China um novo protocolo sanitário, uma vez que o actual exige a suspensão temporária das importações quando detectado um caso atípico da doença das vacas loucas.

De acordo com a agência noticiosa estatal brasileira, o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento sublinhou ainda que, após um inquérito ao caso detectado no Estado do Mato Grosso, a Organização Internacional de Saúde Animal concluiu não haver risco sanitário.