O alargamento do Projecto Cidade Segura, que conta com o apoio da China, nomeadamente do gigante tecnológico chinês Huawei, pode ajudar ao desenvolvimento do turismo em Cabo Verde, disseram os autarcas das ilhas cabo-verdianas do Sal e Boa Vista.

De acordo com a Inforpress, o Presidente da Câmara Municipal do Sal, Júlio Lopes, disse que a segurança se afigura como um elemento “importante” para Cabo Verde enquanto destino turístico.

O Projecto Cidade Segura – que inclui uma rede de câmaras de videovigilância – vai contribuir de forma decisiva para o desenvolvimento do turismo, ao garantir a segurança dos cidadãos estrangeiros, disse na segunda-feira o Presidente da Câmara Municipal da Boa Vista, José Luís Santos.

Segundo a agência noticiosa estatal cabo-verdiana, os autarcas falavam à margem da cerimónia de lançamento da segunda fase do projecto, que vai ser estendido às principais localidades das ilhas de São Vicente, do Sal e da Boa Vista.