A China poderá aprovar a importação de mais carne brasileira – através do aumento do número de fábricas de processamento certificadas pelas autoridades chinesas – após negociações de alto nível entre os dois países marcadas para o próximo mês, disse na segunda-feira o Embaixador chinês no Brasil, Yang Wanming, citado pela agência noticiosa Reuters.

“Acreditamos que, através da cooperação entre os ministérios da agricultura e os departamentos de controlo de qualidade de ambos os países, mais produtos agropecuários brasileiros poderão ser importados pelo mercado chinês”, disse o diplomata.

A Ministra brasileira da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, Tereza Cristina Dias, irá deslocar-se à China no próximo mês para abordar o assunto, e a luz verde para mais importações poderá ser anunciada quando o Vice-Presidente brasileiro Hamilton Mourão visitar o país asiático no final de Maio, referiu o Embaixador.

Yang Wanming disse ainda que o investimento chinês no Brasil poderá voltar a crescer em 2019, dependendo em parte do plano do governo brasileiro para implementar reformas nos sistemas fiscal e de segurança social.

O investimento chinês no país sul-americano em 2017 foi o mais elevado dos últimos sete anos, mas os dados oficiais finais para 2018, que ainda não foram tornados públicos, deverão revelar uma queda, refere a Reuters.

 

Share This