gallery wordpress plugin

A série de actividades integradas na 11ª Semana Cultural da China e dos Países de Língua Portuguesa, organizada pelo Secretariado Permanente do Fórum de Macau, atraiu mais de 13.500 visitantes e terminou com êxito.

A fim de melhorar o conhecimento dos jovens sobre a cultura e o desenvolvimento da China e dos Países de Língua Portuguesa, esta edição contou com a organização de visitas das delegações de várias escolas primárias e secundárias de Macau, onde se lecciona língua portuguesa. Foram organizadas visitas à Doca dos Pescadores, nomeadamente à Feira de Artesanato da China e dos Países de Língua Portuguesa, à Galeria de Arte para ver as Exposições de Artes Plásticas e por fim aos jogos tradicionais, com o objectivo de intensificar os conhecimentos culturais, bem como interagir directamente com os artistas participantes, entre outros.

Estas visitas foram acompanhadas de guias e foram prestados serviços de tradução aos alunos, proporcionando-lhes uma oportunidade única de experienciar o ambiente sobre o papel de Macau enquanto plataforma entre a China e os Países de Língua Portuguesa e de reforçar o interesse dos alunos para aprenderem língua portuguesa através da apresentação de intercâmbio cultural e de resultados frutíferos de cooperação entre a China e os Países de Língua Portuguesa. Os alunos referiram que beneficiaram muito das visitas culturais mencionadas acima, as quais lhes permitiram alargar os horizontes.

O Instituto Politécnico de Macau cedeu 50 alunos, nomeadamente alunos que frequentam o Curso de Licenciatura em Tradução e Interpretação Chinês – Português / Português – Chinês e alunos do Curso de Ensino de Língua Chinesa como Língua Estrangeira, provenientes dos Países de Língua Portuguesa, para participarem na Semana Cultural como voluntários. Aproveitando a Semana Cultural, dois dos alunos do 3.º Ano do Curso de Licenciatura em Tradução e Interpretação tiveram oportunidade para praticarem a língua portuguesa enquanto prestavam serviços de guia e de tradução na recepção das delegações escolares. Para além do reforço da capacidade de comunicação, os alunos consideraram que, por via da mencionada actividade, ainda tiveram margem para melhorar os seus conhecimentos sobre Macau enquanto a plataforma entre a China e os Países de Língua Portuguesa.

No ponto de vista dos alunos, Macau proporciona-lhes uma excelente oportunidade para aprenderem português, oferecendo-lhes múltiplas oportunidades para conhecerem os Países de Língua Portuguesa. Desejaram que, no futuro, possam contribuir para a construção de Macau enquanto plataforma entre a China e os Países de Língua Portuguesa, aproveitando os seus conhecimentos profissionais.