Os trabalhos da segunda fase de reabilitação da estrada que liga a capital de Timor-Leste, Díli, à cidade de Ainaro, a cargo da empresa chinesa Wu Yi Co. Ltd., arrancaram na semana passada, avançou a Xinhua.

Segundo a agência noticiosa estatal chinesa, a reabilitação, financiada por empréstimos concedidos pelo Banco Mundial, é um dos principais projectos actualmente em execução no arquipélago.

De acordo com um despacho do Ministério timorense do Planeamento e Investimento Estratégico, o contrato, no valor de US$17,86 milhões, foi atribuído à Wu Yi no ano passado.

Os trabalhos deverão prolongar-se durante cerca de dois anos e meio, com a empresa chinesa também responsável pela manutenção da estrada durante mais quatro anos, refere o documento.