A China já financiou, até ao final do ano passado, US$23 mil milhões para projectos de infra-estruturas em Angola, disse na quinta-feira o Embaixador chinês no país africano, Cui Aimin, num encontro com jornalistas angolanos.

Segundo a agência noticiosa estatal angolana Angop, o diplomata acredita que o investimento acumulado poderá aumentar este ano, com o estreitamento das relações de cooperação entre os dois países.

Cui Aimin prometeu que o Governo chinês vai continuar a ajudar Angola, essencialmente na área financeira e de infra-estruturas, bem como incentivar empresas chinesas a investir na agricultura, cultura e indústria do país africano.

O Embaixador sublinhou que no ano passado empresários chineses começaram a investir cada vez mais em infra-estruturas de saúde e em projectos agrícolas, bem como na instalação de inúmeras fábricas em Angola.

 

Share This