gallery wordpress plugin

Realizou-se no dia 24 de Novembro de 2017 o “Encontro Económico e Comercial entre os Empresários da China e do Brasil – Cooperação no Comércio” em São Paulo. O Encontro foi organizado conjuntamente pelo Secretariado Permanente do Fórum de Macau e pelo Instituto de Promoção do Comércio e do Investimento de Macau, com o apoio do Consulado-Geral da China em São Paulo e coordenado pela Associação Comercial de São Paulo.

O Encontro contou com a presença da Vice-Ministra do Ministério do Comércio da China, Dra. GaoYan, que se deslocou ao Brasil para missão oficial, do Vice-Ministro da Indústria, Comércio Externo e Serviços do Brasil, Dr. Marcelo Maia, e da Consulesa-Geral da China em São Paulo, Dra. Chen Peijie. Os três proferiram discursos durante o evento.

A Vice-Ministra do Ministério do Comércio da China, Dra. GaoYan, referiu que o intercâmbio económico, comercial e cultural entre a China e o Brasil tem uma longa história, e espera que o Governo e as empresas locais possam aproveitar plenamente a plataforma de Macau, assim como apanhar o “comboio de alta velocidade” do desenvolvimento da China, partilhando o fruto da reforma e da abertura da China.

Por sua vez, o Vice-Ministro do Brasil, Dr. Marcelo Maia, mencionou que existem muitas oportunidades de cooperação em diversas áreas tanto entre os Governos como entre as empresas dos dois países. O governante disse ainda que espera que através da plataforma de Macau todas as partes possam explorar mais oportunidades de cooperação para as empresas chinesas e brasileiras.

A Secretária-Geral do Secretariado Permanente do Fórum de Macau, Dra. Xu Yingzhen, indicou que Brasil como o maior país lusófono e uma das importantes economias do Mundo, existindo um vasto espaço de cooperação na área económica e comercial com a China. Os dois países têm diversas necessidades no âmbito do comércio e da cooperação da capacidade produtiva. A responsável disse ainda esperar que a China e o Brasil possam reforçar a cooperação no âmbito de capacidade produtiva e do comércio, assim como a cooperação trilateral.

O Encontro contou com a presença de 160 empresas do Interior da China, do Brasil e de Macau, tendo sido realizadas cerca de 26 sessões de bolsas de contacto no âmbito de produtos alimentares, medicamentos, materiais de construção e indústria mineira. Durante o evento, foram assinados três projectos de cooperação para o estabelecimento do mecanismo de comunicação e intercâmbio entre as associações comerciais de Macau e do Brasil, o que demonstra que as partes reconhecem o posicionamento de desenvolvimento do Governo da RAEM e, através das políticas privilegiadas de “Uma Plataforma e Três Centros”, reforçar a cooperação bilateral e a partilha de informações.

 

Share This