Empresas e bancos chineses comprometeram-se a investir um total de US$24,8 mil milhões em São Paulo nos próximos 10 anos, anunciou na terça-feira João Doria, Governador do Estado brasileiro.

De acordo com a Lusa, a revelação surgiu no final de uma missão comercial liderada pelo governante, que visitou a capital chinesa, Pequim, o principal centro financeiro da China, Xangai, e ainda a cidade de Xi’an.

Segundo a agência noticiosa portuguesa, João Doria disse que o Banco do Desenvolvimento da China e o New Development Bank comprometeram-se a disponibilizar um total de US$20 mil milhões.

O New Development Bank, criado pelo bloco BRICS, que inclui o Brasil, a Rússia, a Índia, a China e a África do Sul, tem a sua sede em Xangai.

O sector privado chinês irá investir US$4,8 mil milhões em novos projectos em São Paulo, incluindo o plano da gigante chinesa das telecomunicações Huawei para investir US$800 milhões na construção de uma nova fábrica em São Paulo, referiu o governante.