A China irá autorizar mais matadouros brasileiros a exportar carne bovina para o mercado chinês, disse Antônio Camardelli, Presidente da Associação Brasileira de das Indústrias Exportadoras de Carnes (ABIEC).

Segundo a Bloomberg, o empresário disse que algumas empresas estão a preparar documentação para demonstrar que cumprem os requisitos das autoridades chinesas, que será em breve enviada para a China.

De acordo com a agência noticiosa financeira, em Outubro o Brasil vendeu 65.827 toneladas de carne bovina para a China, um aumento de 62 por cento em relação a igual mês do ano passado.

Antônio Camardelli acredita que o volume de exportações para a China vai continuar a crescer nos próximos meses, graças a uma forte procura, aumento do rendimento e mudanças na dieta dos chineses, referiu a Bloomberg.