Vai ser mais fácil estudar na Universidade do Porto, em Portugal, para os residentes de Macau, que terão ainda acesso a um curso preparatório de português antes de iniciarem os estudos, anunciou a Direcção dos Serviços do Ensino Superior.

Num comunicado, a Direcção revela que assinou na terça-feira um protocolo de cooperação com a Universidade do Porto e o Instituto Português do Oriente (IPOR) para reforçar a formação de quadros qualificados bilingues em chinês e português.

Segundo o acordo, a Universidade do Porto vai criar um meio conveniente para os residentes de Macau interessados em frequentar cursos de licenciatura e cursos integrados de licenciatura e mestrado naquela instituição de ensino portuguesa.

Além disso, a Universidade e o IPOR vão criar um curso preparatório de português de um ano para os novos alunos, com o primeiro semestre a decorrer no IPOR, em Macau, e o segundo no Porto. O objectivo é proporcionar aos estudantes de Macau uma boa base da língua portuguesa e promover a sua integração no ambiente universitário, nomeadamente a nível académico, científico, social e cultural.